Duas pessoas morreram no desabamento de uma casa em Ribeirão Pires, na Grande SP.

A forte chuva que começou na noite de domingo (10) e se estende pela madrugada de segunda provocou alagamentos em diversas regiões da Grande São Paulo e bloqueou vias de acesso para a capital paulista. A previsão é de mais chuva durante o dia.

O desabamento de uma casa em Ribeirão Pires, no ABC Paulista, deixou dois mortos e soterrou duas pessoas, informou o Corpo de Bombeiros. Chovia muito na região no momento do incidente. Em São Rafael, Zona Leste da capital, um deslizamento de terra atingiu uma casa. Uma criança foi internada em estado grave.

No bairro do Sacomã, no sudeste da capital, carros foram levados pela força da água e outros veículos ficaram ilhados pela enchente forçando seus ocupantes a ficarem no teto dos veículos.

O Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura de São Paulo (CGE) informou que há 12 pontos intransitáveis na cidade (veja a lista dos pontos ao final desta nota). A circulação de trens na Linha 10-Turquesa da CPTM está interrompida, sem previsão de normalização.

Saídas para a capital a partir de Diadema, Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul estão interditadas em razão do alagamento. Um trecho da Via Anchieta, principal via de ligação do ABC Paulista com São Paulo, também tem a passagem de carros impossibilitada na altura da Uniban.

A Defesa Civil e os bombeiros usaram botes para resgatar pessoas que estavam ilhadas em pontos de ônibus no ABC Paulista.

O prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando (PSDB), divulgou vídeo por volta das 22h pedindo para os moradores não tentarem passar pelos pontos mais comprometidos pelas enchentes.

Durante a madrugada a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) recomendou aos motoristas que evitassem a Marginal Tietê e a Avenida do Estado em ambos os sentidos por conta dos alagamentos.

Os bombeiros informaram que durante todo este domingo houve 302 chamadas para enchentes, 121 acionamentos para quedas de árvores e 23 para desabamentos ou deslizamentos, em ações concentradas no ABC e na capital.

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura de São Paulo, por volta das 22h do domingo houve transbordamento do Córrego da Mooca e do Rio Tamanduateí na Avenida do Estado.

Pontos intransitáveis em São Paulo:

Zona Norte: Marginal Tietê, região da Ponte do Limão, sentido Ayrton Senna e Castello Branco.

Centro: Avenida do Estado, na região da Sé.

Zona Oeste: Avenida das Nações Unidas, sentido Interlagos, na altura da Ponte Jaguaré e região da Rua Florida; Pista Expressa da Marginal Tietê, altura da Ponto Attílio Fontana e também na região da Ponte Comunidade Húngara; Avenida Presidente Castelo Branco, na região da Ponte da Casa Verde; Marginal Pinheiros, sentido Interlagos, na região da Ponte Jaguaré; e Avenida Engenheiro Billings (Butantã), sentido Interlagos, região da Ponte do Jaguaré.

Search